"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

07 março 2011

Sintonizando com Amparadores Espirituais


Nós, seres humanos, enquanto consciências emocionais, temos tendência a pensar que os seres mais evoluídos sempre atendem a nossos pedidos e realizam nossos desejos.

Não funciona assim.

Do mesmo jeito que na Terra existem diferenças de padrão social, cultural, econômico, etc, no plano espiritual também existem diferenças no nível de evolução das consciências que lá habitam.

O que isso significa? Significa que quando nós pedimos ajuda a uma consciência evoluída (os seres de luz) eles não ouvem porque estamos numa frequência vibratória completamente diferente da que eles estão.

Imaginemos uma empresa. Quando um funcionário da linha de produção está com algum problema a quem ele vai pedir ajuda? Ao presidente, ao diretor? Não. A quem está mais próximo a ele, por exemplo, o pessoal do RH – recursos humanos. O diretor da empresa não chega a tomar conhecimento do problema deste funcionário, pois é solucionado de algum modo antes disso.

Não porque o funcionário não seja uma figura importante, mas é porque existe uma hierarquia e uma organização lógica dentro de uma empresa. O diretor está envolvido com assuntos de outro nível. O presidente também.

Levando isso para o lado espiritual, muitas vezes queremos acreditar que os seres de luz existem exclusivamente para nos ajudar, não importando se eles estão em outro nível, ou ainda, que é uma obrigação deles ajudar as criaturas infelizes aqui da Terra, em qualquer situação.
Pensar dessa forma é infantilidade e imaturidade consciencial.

As consciências evoluídas alcançaram esse nível porque trabalharam muito para isso. Evolução é conquistada a custo de muito trabalho. Mas nós, seres imperfeitos, emocionais e dependentes, muitas vezes não queremos trabalhar para nossa evolução, nem fazer mudanças significativas em nossas vidas. Queremos pedir ajuda e esperar. E se não recebermos a ajuda que pedimos, criticamos e nos sentimos infelizes e esquecidos.

Temos que sair desse comodismo.
Que tal arregaçar a manga e colocar a mão na massa?
Pode ter certeza de que, se você fizer isso, aí sim vai trazer para perto de você amparadores espirituais de melhor qualidade. Não são os seres de luz que necessitam vir até a Terra para atender a nossos pedidos.
Nós é que temos que nos esforçar, melhorar nosso padrão para dar um passinho em direção a eles. Essa é a lógica.

E como colocar a mão na massa?
Comece fazendo uma lista de todos os seus defeitos e se esforce para corrigi-los.
Você sente raiva, geralmente? Você sente ciúme? Brigou com alguém e não consegue perdoar essa pessoa?
Você vai ter que mudar tudo isso. É por essa razão que muitas vezes nem ao menos pensamos em sua própria vida, em nosso nível de evolução.

Porque se pararmos para pensar e fizermos uma análise sincera, vamos perceber tanta coisa para corrigir, que nos auto-enganamos, não encaramos a nossa própria verdade, e assim, ficamos durante várias encarnações, girando em torno de nosso próprio ego, culpando as outras pessoas e o mundo pela nossa infelicidade.

Nós somos responsáveis por nós mesmos.
Somos herdeiros de tudo que criamos.
Vamos encarar essa realidade com coragem e mudar esse contexto. Os amparadores espirituais se aproximam de pessoas que estão fazendo alguma coisa de útil para sua própria evolução. Não adianta ir a um asilo ou a um orfanato uma vez por mês, sem uma intenção verdadeira dentro de nós, sem atitudes coerentes no nosso dia a dia.

Você tem que mudar o que você é internamente.
Tente diminuir o tamanho do seu ego, assumindo seus defeitos, assumindo seus erros, pedindo desculpas quando for preciso, não julgando o seu próximo e nem praticando maledicências.
Tente ser melhor a cada dia e você perceberá as coisas a sua volta começando a dar certo.

E uma coisa fundamental: seja grato aos seus amparadores espirituais.
Todas as coisas que você tem podem ser tiradas a qualquer momento. Caso esteja passando por dificuldades de qualquer tipo, analise seu comportamento.
Se você se esforçar para mudar, saindo da zona de conforto do ego, com certeza atrairá amparadores espirituais, mudando o rumo da sua vida.

(Fátima Alves)