"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

09 junho 2011

Memórias


Recordar-me-ei sempre.

De todos os traços, de todas as linhas, de toda a profundidade que te transforma em ondas côncavas de luxúria.

Vou lembrar-me sempre de todos os beijos, de todos os olhares. De como não posso sair do instante e fazer parte de ti nos teus momentos. De como não posso ser dois. De como não quero.

Recordar-me-ei sempre do toque da pele, do cheiro a tangerina... do gosto de não poder voltar a provar.

Vou lembrar-me de como me lembrarei sempre de tudo. De como não te quero esquecer, de como não te quero recordar.

Lembrar-me-ei sempre. Contudo, não quero. Mas sou feita de memórias e quando nasci fui condenada a recordar.


(autor desconhecido)