"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

19 agosto 2011



Quisera eu
O vento controlar
Para que não sacudisse as folhas quietas no chão.
Mas ele sacudiu.
Ventou forte em mim
Descompassou meu coração
E trouxe-o pra mim.

Sempre o inesperado
Sempre forte
Sempre ousado.
O destino conspira
E quer que eu acredite em acaso...

Quisera eu negar
Mas é tão forte que chego a acreditar
Que somos reféns das estrelas sim
E só cabe a nós aceitar.

Venta então!
Venha o que vier...
Bata de frente comigo
Olho no olho
Como quiser.

Testa-me!
Provoca meu ego...
Não sei se é um trânsito astrológico
Mas Vênus está perto...
Pois me exala pro mundo
E te trás para perto.

(Carolina Salcides)