"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

09 junho 2012

Em busca de uma resposta


Por muitos anos vaguei.

Fui a lugares iluminados, levado que fui por benfeitores, mas nada vi a não ser minha própria amargura.

Fui a catacumbas escuras, descendo o mais baixo que alguém pode descer, arrastado que fui por arruaceiros e infelizes, que se diziam sábios.

A idéia de ter morrido em vão não me abandonava.

Um roubo de alguns trocados, um tiro no peito e meu corpo destruído... bestamente, deixando abandonados minha jovem esposa e meu filho pequeno.

Deste dia em diante passei a buscar uma resposta á minha tragédia pessoal.

"Por que?" perguntava a todos os que pareciam poder esclarecer-me de alguma forma.

Sem o saber, porém, minha auto-piedade apenas me afastava da resposta, causando-me grandes aflições e sofrimento.

Mesmo não tendo conseguido o que desejava, muito aprendi em minhas andanças. Em conta-gotas e em doses homeopáticas meu coração foi se abrandando e finalmente voltei às esferas de Luz, pelas minhas próprias pernas.

Lá chegando, fui recebido com alegria por todos os benfeitores amigos, que queriam saber se eu finalmente já obtivera a tão desejada resposta.

Respondi que "sim".

Não na forma de uma explicação que tanto "cobrei" de Deus, mas em forma de lições que me fizeram refletir profundamente e ver que Deus se manifesta em tudo e em todos, inclusive no infeliz que puxou o gatilho naquele fatídico mas longínquo dia.

Demorei para compreender que a lei divina atinge a todos e que eu não estava na condição de vítima inocente e sim de alguém chamado a ajustar as contas com a própria consciência e que Deus nada mais fizera do que proporcionar a Bendita oportunidade.

Demorei tanto que minha esposa e filho cumprem hoje novo ciclo encarnatório na Terra, e luto hoje por merecer retornar entre eles.

Que Deus abençoe a todos e me conceda nova oportunidade.


Ricardo


* * * 


(Psicografado por: Cleber P. Campos)




*  *  *