"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

26 agosto 2012

Estado novo



Foi um baque.

Simplesmente não compreendo como pode acontecer, não posso aceitar.

Estou de posse do meu corpo, pelo menos posso me tocar e me reconheço.

Estou também de posse  do meu juízo perfeito. Não perdi minha consciência, sei quem sou, lembro-me de toda a minha trajetória até este momento.

Tenho fome, sede, frio e calor. Sinto saudades de todos os que amo, pois não consigo mais encontrá-los.

Agora, confrontado pela situação sou obrigado a concordar que algo realmente mudou.

Com a ajuda de algumas almas caridosas, pude chegar até aqui hoje e estou vendo que não só não é minha mão que escreve, como tenho que me servir de outra pessoa.

Lembranças agora brotam em minha mente e recordo-me agora da dor e do aperto no peito, que até um momento atrás ainda me atormentavam. Era como se algo queimasse, vindo do estômago, gelando a garganta, dificultando a respiração.

Esta sensação se foi.

Pertencia ao meu corpo físico, disseram.

Preciso agora me adaptar a este novo estado.

Agradeço a todos e a este que me carregou nos últimos dias e que agora me ajuda na escrita.

Que Deus abençoe a todos.

Sigo em paz.


(Psicografado por Cleber P. Campos. O Espírito não quis se identificar.)



*  *  *