"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

21 fevereiro 2013

Não sabem



Muitos companheiros da Terra que perderam entes queridos em processos de crueldade estimariam ouvir-lhes as impressões do Mais Além, com referências às provas sofridas ao se despedirem do Plano Físico.

E as respostas, comumente, lhes soariam aos ouvidos, insuflando-lhes surpresa e admiração.

Os desencarnados que se reconhecessem livres das estreitezas humanas lhes surgiriam ao entendimento por advogados de seus próprios algozes.

Filhos abatidos pelas armas de salteadores infelizes pediriam o perdão dos pais em benefício deles,  compreendendo-lhes os suplícios da consciência culpada; pais sacrificados por pessoas inescrupulosas solicitariam a tolerância e a bondade dos descendentes para quantos lhes promoveram a destruição da existência terrestre; criaturas violentadas no próprio corpo e seviciadas até a desencarnação suplicariam o socorro dos entes amados para aqueles que lhes impuseram a morte;  e amigos massacrados por agressores voltariam da Vida Maior,  implorando compaixão para quantos lhes tramaram a perda.

Se, algum dia, tiveres de ouvir os seres queridos, transportados para a Vida Superior, sob pesados golpes da delinquência, não guardes idéia de condenação e vingança.

Quantos deles já se encontrem identificados com os ensinamentos de Jesus, te rogarão piedade e amor para com os perseguidores que os feriram, de vez que todos aqueles que atormentam e arrasam os seus próprios irmãos não sabem o que fazem.

(Meimei)

(in “Somente Amor”, de Francisco Cândido Xavier – Maria Dolores e Meimei)


*  *  *