"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

30 novembro 2013


A alma que dança a dança do amor próprio, de sua beleza, é a alma que conhece sua realidade. Consciência da alma é a arte na qual todas as virtudes são aparentes.
É o método refinado de elevar a consciência para além do mundo material e sublimar o grosseiro com o sutil.
Consciência da alma é o eu essencial. Conhecer o eu dessa forma é o atalho para a harmonia interior.
Visualizar, realizar e experimentar o eu como um ser completo e soberano é bem-aventurança.

(Brahma Kumaris)


* * *