"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

27 março 2014

A força superior que há dentro de nós


A compreensão de que existe no Universo uma inteligência superior, uma força ou energia criativa que é a fonte e a substância de toda a existência é o alicerce para a vida do novo mundo.

As palavras e conceitos usados para descrever essa força são incontáveis; alguns, usados atualmente em nossa cultura, são:

Deus
Espírito
Força Superior
Luz
Eu Superior
Inteligência Cósmica
Eu Sou
Orientação Interior
A Força
Consciência Crística
O Universo
Fonte

São termos que tentam expressar uma experiência ou um conhecimento, difícil de exprimir em palavras e conceitos racionais.

Para cada um de nós que tenha esta experiência interior, as palavras usadas para descrevê-la são apenas os rótulos que melhor se adaptam à nossa compreensão.

Raramente uso a palavra Deus, pois ela tem muitas conotações confusas. Em geral, as pessoas a associam à instrução religiosa que receberam no início da vida e já não tem mais significado para elas.

Algumas talvez pensem em Deus como alguém ou como alguma coisa exterior a si: "O velho que está no céu com uma comprida barba branca."

Prefiro expressões como "a força superior", "o universo", "o espírito", "o Eu superior", ou "a luz".

Neste livro usarei alternadamente essas expressões para referir-me à inteligência e força criativa mais elevada que existe em nós. Se alguma destas expressões não têm significado especial para você, por favor, sinta-se à vontade para substituí-la por qualquer palavra que preferir.

Nos primeiros vinte anos de minha vida eu não tinha uma experiência consciente ou uma crença em qualquer espécie de força superior.

Tive de passar por muitos níveis de dúvidas, ceticismo, descrença e temor até chegar na grande confiança que tenho agora na força superior do universo que está dentro de mim, dentro de cada
pessoa e de tudo o mais que existe.

Não aceitei nada com uma fé cega, de maneira que, em certo sentido, eu tive de "demonstrar" tudo para mim, através das minhas experiências de vida.

Já que aprendi a colocar uma confiança absoluta no poder superior do universo e a viver em conformidade com os princípios universais, as mudanças que senti e que vi em minha vida são verdadeiramente miraculosas.

Os que sentiram uma profunda consciência espiritual no decorrer de suas vidas já têm uma base sólida sobre a qual construir.

Para os que se sentiram espiritualmente "desligados", como eu, espero que minhas palavras proporcionem apoio e coragem para que descubram essa ligação interior em si mesmos.

O universo tem ao mesmo tempo aspectos pessoais e impessoais: quanto mais confio e me entrego, vejo que meu relacionamento com essa força superior torna-se mais pessoal.

Literalmente, sinto uma presença dentro de mim, me orientando, me amando, me ensinando e me estimulando.

Neste aspecto pessoal, o universo pode ser um mestre, um guia, um amigo, a mãe, o pai, o amante, o gênio criativo, a fada-madrinha e até Papai Noel. Em outras palavras, qualquer coisa que eu necessite ou deseje poderá ser realizada através dessa ligação interior.

Raramente me sinto sozinha.

Na verdade, é quando estou fisicamente só que muitas vezes encontro a mais poderosa comunhão com o universo.

Em momentos como esses, os lugares anteriormente vazios dentro de mim são preenchidos com a luz.

Aqui sempre encontro uma presença orientadora, que me diz o próximo movimento a fazer e que me ajuda a aprender a lição que está em cada passo dado pelo meu caminho.


(Texto extraído do livro “Vivendo na Luz – um guia para a transformação pessoal e planetária”, de Shakh Gawain e Laurel King. Ed. Pensamento)


* * *