"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

10 março 2014

Enxergando a verdadeira beleza...


O erotismo está expulsando do mundo a poesia. 
A violência está destruindo a ternura.
A sensualidade grosseira está vencendo a capacidade de gozar o sutil. Isso causa dores e desequilíbrios.
Despertemos.
Comecemos a reagir.
Aprendamos a cultivar poesia, ternura e gozo espiritual.
Sutilizemos, refinemos nossa sensibilidade. 
Espiritualizemos nosso sentir. 
Tornemo-nos capazes para os prazeres não compráveis, invulgares, indescritíveis - os sublimes; e para as perfeitas vivências no Espírito Onipresente da Beleza Absoluta.
Harmonizemo-nos esteticamente.
Harmonizemo-nos capazes de sintonia com a Suprema Beleza, que o Divino Artista nunca deixou de nos oferecer.
Abramos nossos olhos para beleza de Deus.

(Hermógenes)




* * *