"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

24 novembro 2016

Dica de livro: “A Última Carta do Tenente” - William Douglas



Às vezes um livro chega até nós através de mãos invisíveis.

Este é um deles.

Nele, envolvida por um lindo projeto gráfico, lemos uma declaração de amor à Vida.

Num momento definitivo, durante o acidente com o submarino russo Kursk ocorrido em 2000, o personagem principal deixa suas derradeiras palavras, escritas com imensa dificuldade, fazendo um balanço geral de sua vida e emoções.

O acidente é real, a obra ficção.

Um verdadeiro chacoalhar em cada leitor. 

Tocante e verdadeiro.

Recomendadíssimo!

*

“Não quero morrer sem falar de minhas TENTATIVAS. 
Tentei amar, tentei tantas coisas, fiz o que pude. 
Tentei entender Deus e a vida, mas minha mente é pequena e o tempo foi pouco. 
Tentei cumprir minha missão, mas tive dificuldade até mesmo em descobrir qual era.
No dia da partida, tenho resposta para todas as perguntas do mundo no meu bolso.
Vivi à procura, e agora que as tenho você está longe.
Sobre o amor, eu nunca entendi bem, seja o do filho, do amigo, do marido, do irmão, do próximo.
Fiquei devendo amor, morro com dívidas vultosas.”

*

Sinopse: 
Em agosto de 2000, um acidente com o submarino russo Kursk fez com que marinheiros ficassem presos sem que houvesse tempo para salva-los. 
Quando finalmente os corpos foram resgatados, no bolso do uniforme de um deles, foi encontrada uma mensagem para sua mulher, escrita nas poucas horas que lhe restava. 
Editora Planeta.



*  *  *