"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

17 janeiro 2019

Carta para meu pai



Estava lembrando, num dia 17 de janeiro, há muito tempo atrás, também chovia muito...e nesse dia papai foi morar com as estrelas.
Nunca lembrei dele nessa data como hoje, porque agora, mamãe se reuniu a ele.
Torço para que acertem as diferenças e apaguem as mágoas de mais de 40 anos.
Estive muito tempo sem oferecer carinho a ele, nem mesmo um leve pensamento.
Também devido a decepções e perguntas sem respostas. O inevitável "por que"...
Mas hoje quero tirar esse peso.
Te amo também papai.
Trago tanto do senhor em mim! Basta olhar no espelho.
Olhe como sempre fomos muito parecidos...
Vejo o senhor também no meu lado sonhador, nas minhas viagens às estrelas, na minha inocência em acreditar em todos sem pestanejar.
E hoje acredito que foi isso que o levou de nós.
Acredite, tinha de ser.
Seus filhos se tornaram pessoas melhores justamente pelas imensas dificuldades que passamos depois que o senhor se foi.
Sua partida também deu chance à mamãe de se transformar numa guerreira!
Criando 3 filhos e vencendo todas as batalhas sozinha.
Por favor papai, cuide dela para nós.
Cuide-se também.
Dêem as mãos e voem para as estrelas, para reencontrar todos os que partiram antes e alegrem-se, porque o AMOR q vocês dois plantaram deu excelentes frutos.
Paro aqui, e deixo meu carinho.
Papai Waldir, eu te amo.



*  *  *


11 janeiro 2019



Faço de mim
Casa de sentimentos bons
Onde a má fé não faz morada
E a maldade não se cria

Cerco-me de boas intenções
E amigos de nobres corações
Que sopram e abrem portões
Com chave que não se copia

Observo a mim mesmo em silêncio
Porque é nele onde mais e melhor se diz
Ensino-me a ser mais tolerante, não julgar ninguém
E com isso ser mais feliz

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

Faço de mim
Parte do segredo do universo
Junto à todas as outras coisas as quais
Admiro e converso

Preencho meu peito com luz
Alimento o corpo e a alma
Percebo que no não-possuir
Encontram-se a paz e a calma

E sigo por aí viajante
Habitante de um lar sem muros
O passado eu deixei nesse instante
E com ele meus planos futuros
Pra seguir
Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

(Morada - Forfun)



*  *  *


05 janeiro 2019

George Michael - A Different Corner



A Different Corner – George Michael
(Uma Esquina Diferente - George Michael)

Eu diria que o amor é uma coisa mágica
Eu diria que o amor nos poupa da dor
De estar aqui
De estar aqui
Eu te prometeria toda minha vida
Mas te perder me cortaria como um punhal
Então eu não me atrevo
Não, não me atrevo

Porque eu nunca estive perto
Em todos esses anos
Você é a única que pára minhas lágrimas
E eu tenho tanto medo
Tenho tanto medo

Me leve de volta no tempo
Para talvez esquecer
E dobrar uma esquina diferente
Onde nunca nos conheceríamos
Você se importaria?

Eu não entendo
Para você é uma brisa
Pouco a pouco
Você me deixou de joelhos
Não se importa?

Não, eu nunca cheguei perto
Em todos esses anos
Você é a única que pára minhas lágrimas
Tenho tanto medo desse amor

E tudo o que eu tenho
É esse medo de ser usado
Deveria voltar e ficar sozinho e confuso
Se eu pudesse, eu voltaria, eu juro



Que o acalanto secreto do ancião dos dias te faça rir muito, até de ti mesmo.
Que tu não carregues culpas, mas, sim, experiência, e vontade de fazer o melhor...
Que nada e nem ninguém, da terra ou do astral, possa roubar a luz do teu coração.
Ah, que alguma música te encante... 
E a canção da vida também.

(Wagner Borges)



Há experiências difíceis que paralisam a nossa vida.

Traumatizam. Desmancham sonhos. Mudam ciclos.

Modificam comportamentos.  Machucam profundamente.

É trabalhoso superá-las. Virar a página. Trocar a música.

Amaciar o coração de novo.

Para nossa surpresa, algumas delas, apesar de tudo, nos trazem também possibilidades de crescimento.

São mestras disfarçadas de dor em nossa vida.

E, por mais estranho que pareça, olhando em retrospectiva, a gente percebe que não se tornou apenas diferente depois que aconteceram.

Incrivelmente, a gente se tornou melhor.


(Ana Jácomo)




Oração Quântica





Gratidão à vida que me inspira, me renova e me dá chances de evoluir diariamente.

Gratidão ao lugar onde estou aqui e agora, pois esse lugar precisa de mim e eu dele.

Gratidão a todos os órgãos do meu corpo que funcionam em plena harmonia e perfeição.

Gratidão a casa onde moro, que me serve de refúgio e descanso.

Gratidão às oportunidades de trabalho, conquistas, sucesso e evolução que se abrem diante de mim diariamente.

Gratidão a cada dívida paga, porque dessa forma honro meu nome, honro meus compromissos e meu dinheiro se multiplica.

Gratidão a tudo aquilo que eu compro, conquisto e adquiro.

Gratidão a todas as pessoas que cruzam meu caminho. Se não for benção é lição.

Gratidão às pessoas que me fizeram bem, porque assim me senti muito amado e abençoado.

Gratidão a todas as oportunidades de sucesso financeiro e pessoal que recebo, identifico e aceito.

Gratidão a mim mesmo quando encontro a gratidão em todas as pessoas, coisas e fatos.

Gratidão ao Universo inteiro, que conspira a favor de cada pensamento meu, por isso escolho com cuidado tudo aquilo que penso, falo ou desejo.

Gratidão ao Deus maravilhoso que existe dentro de mim, sou parte de sua divindade e por isso espalho luz, amor e paz onde quer que eu esteja.

Gratidão, Gratidão, Gratidão.


(autor desc.)




22 outubro 2018


Era criança quando, pela primeira vez, entrei em um avião.

A ansiedade de voar era enorme.

Eu queria me sentar ao lado da janela de qualquer jeito, acompanhar o vôo desde o primeiro momento e sentir o avião correndo na pista cada vez mais rápido até a decolagem.

Ao olhar pela janela via, sem palavras, o avião rompendo as nuvens,chegando ao céu azul.

Tudo era novidade e fantasia..

Cresci, me formei, e comecei a trabalhar.

No meu trabalho, desde o início, voar era uma necessidade constante.

As reuniões em outras cidades e a correria me obrigavam, às vezes, a estar em dois lugares num mesmo dia.

No início pedia sempre poltronas ao lado da janela, e, ainda com olhos de menino, fitava as nuvens, curtia a viagem, e nem me incomodava de esperar um pouco mais para sair do avião, pegar a bagagem, coisa e tal.

O tempo foi passando, a correria aumentando, e já não fazia questão de me sentar à janela, nem mesmo de ver as nuvens, o sol, as cidades abaixo, o mar ou qualquer paisagem que fosse.

Perdi o encanto. Pensava somente em chegar e sair, me acomodar rápido e sair rápido.

As poltronas do corredor agora eram exigência .

Mais fáceis para sair sem ter que esperar ninguém, sempre e sempre preocupado com a hora, com o compromisso, com tudo, menos com a viagem, com a paisagem,comigo mesmo.

Por um desses maravilhosos 'acasos' do destino, estava eu louco para voltar de São Paulo numa tarde chuvosa, precisando chegar em Curitiba o mais rápido possível..

O vôo estava lotado e o único lugar disponível era uma janela, na última poltrona.

Sem pensar concordei de imediato, peguei meu bilhete e fui para o embarque..

Embarquei no avião, me acomodei na poltrona indicada: a janela.

Janela que há muito eu não via, ou melhor, pela qual já não me preocupava em olhar.

E, num rompante, assim que o avião decolou, lembrei-me da primeira vez que voara.

Senti novamente e estranhamente aquela ansiedade, aquele frio na barriga.

Olhava o avião rompendo as nuvens escuras até que, tendo passado pela chuva, apareceu o céu.

Era de um azul tão lindo como jamais tinha visto.

E também o sol, que brilhava como se tivesse acabado de nascer.

Naquele instante, em que voltei a ser criança, percebi que estava deixando de viver um pouco a cada viagem em que desprezava aquela vista..

Pensei comigo mesmo: será que em relação às outras coisas da minha vida eu também não havia deixado de me sentar à janela, como, por exemplo, olhar pela janela das minhas amizades, do meu casamento, do meu trabalho e convívio pessoal?

Creio que aos poucos, e mesmo sem perceber, deixamos de olhar pela janela da nossa vida.

A vida também é uma viagem e se não nos sentarmos à janela, perdemos o que há de melhor: as paisagens, que são nossos amores, alegrias, tristezas, enfim, tudo o que nos mantém vivos.

Se viajarmos somente na poltrona do corredor, com pressa de chegar, sabe-se lá aonde, perderemos a oportunidade de apreciar as belezas que a viagem nos oferece.

Se você também está num ritmo acelerado, pedindo sempre poltronas do corredor, para embarcar e desembarcar rápido e 'ganhar tempo', pare um pouco e reflita sobre aonde você quer chegar.

A aeronave da nossa existência voa célere e a duração da viagem não é anunciada pelo comandante.

Não sabemos quanto tempo ainda nos resta.

Por essa razão, vale a pena sentar próximo da janela para não perder nenhum detalhe.

Afinal, 'a vida, a felicidade e a paz são caminhos e não destinos'.


(Alexandre Garcia)


*  *  *






Sobre o Arrependimento


Sofremos muito convivendo com o sentimento de culpa sem entender, conforme nos falam os espíritos superiores, que no estágio em que nos encontramos nesta encarnação, se não fosse esse sentimento -  a culpa - não iríamos sair do lugar, pois é justamente o sentimento de culpa, de ter feito algo errado ou de não ter feito algo de bom, que nos empurra para o progresso e para a evolução, entendendo que os erros devem servir de ponto de partida para nosso futuro e não como prisão mental, moral ou espiritual.(...)

Não devemos conviver com a culpa e o arrependimento em auto-flagelação. 

Não precisamos sofrer e nos auto-punir.(...) 

Não importa se sofremos, se nos arrependemos e nos culpamos mais com o que deixamos de fazer ou com o que fizemos, o passado deve apenas servir como ponto de partida, vendo onde, como e porque agimos desta ou daquela maneira.


(Fragmentos do texto "Arrependimento" - de Gilberto L. Tomasi)



(Livro “Considerando o Arrependimento” do livro Leis Morais da Vida – Item 11 – Divaldo Pereira Franco/Espírito Joanna de Ângelis)





Fonte: http://doutrinaespiritananet.blogspot.com/2011/09/arrependimento.html?m=1





*  *  *

Star Trek: Tema de abertura de Deep Space Nine




Na vida todos temos um segredo inconfessável, 
um arrependimento irreversível, 
um sonho inalcançável e um amor inesquecível.
(Diego Marchi)


*  *  *

05 outubro 2018





Que as alegrias sejam mais fortes que os cansaços.
Que o sonho derrote o medo.
Que a beleza extrapole as trevas.
E o bem querer desate cada nó de dificuldade que nos aperte os
caminhos...
Que tudo seja tomado como lição.
E que a mais importante seja a fé...
Que lança luz sobre toda incompreensão.
Ungindo com poesia o início e o fim de cada dia.


(Gi Stadnicki)



*  *  *