"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

16 abril 2011

Encontrarei-te em meus sonhos


Podem duas pessoas que se conhecem visitar-se durante o sono?
Certo e muitos que julgam não se conhecerem costumam reunir-se e falar-se. Podes ter, sem que o suspeites, amigos em outro país. É tão habitual o fato de irdes encontrar-vos, durante o sono, com amigos e parentes, com os que conheceis e que vos podem ser úteis, que quase todas as noites fazeis essas visitas.” (Livro dos Espíritos, questão 414.)

***
A saudade que fica pra nós que permanecemos e a que vai conosco quando perecemos não deve ser nada fácil...

Quanto tempo precisamos agüentar até o reencontro feliz, repleto de lágrimas e conforto ao abraçar um amigo, beijar um pai, uma mãe, um avô?

A certeza de que a morte não é o fim – não para o espírito, apenas para o corpo – nos dá força, e os compromissos do mundo nos impelem a seguir adiante, ainda que aparentemente sozinhos. Mas a misericórdia de Deus é realmente muito grande e alguns meios tornam-se úteis quando é necessário amenizar um pouco a dor da partida.

Afinal de contas, como escreveu Chico Buarque, a “saudade é o pior tormento/pior que o esquecimento/a saudade é o revés de um parto/ a saudade é arrumar o quarto do filho que já morreu” – difícil definir dores piores que essas...

A psicografia foi amplamente divulgada por Chico Xavier em seu trabalho de instruir e consolar.

E, certamente, dezenas de milhares de famílias receberam cartas de entes saudosos, mostrando que continuavam a viver, identificando-se e comentando coisas de um círculo muito íntimo de convívio, impossível de ser devassado por quem quer que fosse.

Muitas famílias foram confortadas e puderam a partir de então seguirem mais confiantes nas realizações ainda por completar. Alguns desses casos tiveram muita repercussão na mídia, mas sejam anônimos ou famosos, todos deixam como lição a imortalidade da alma e a certeza do reencontro.

Um meio também ao alcance de todos é o do sonho. O Sonho é uma interrogação para muitas pessoas.

Ao adormecer o corpo, nosso Espírito goza de maior liberdade, e pode mesmo se afastar do veículo físico e se reencontrar com Espíritos amigos. 

Quantos de nós não sonhamos algo vívido, organizado, extremamente real, com alguém que amamos e acordamos repletos de lágrimas? 

Até mesmo no Plano Espiritual é assim. Haja visto em “Nosso Lar”, quando André Luiz visita em sonho sua mãe, que se encontra em plano superior ao dele, e tem como meio de intercâmbio o sono.