"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

30 março 2012

Hora do Planeta: apague as luzes por um mundo melhor


Há cinco anos, o último sábado do mês de março é marcado por uma ação que visa à conscientização da população mundial sobre o aquecimento global.

Neste dia 31, mais uma vez, várias cidades em todos os continentes vão apagar as luzes de residências, escritórios e monumentos públicos, por exemplo, quando o relógio marcar 20h30.

Durante 60 minutos, espera-se que mais de 1 bilhão de pessoas se mobilizem para a Hora do Planeta 2012.

A partir das 20h30 de sábado, pessoas de todo o mundo devem apagar as luzes de suas casas, empresas, monumentos públicos em um ato simbólico que marca a luta contra o aquecimento global.

Idealizadora do movimento Hora do Planeta, a rede WWF pretende conscientizar a população sobre a necessidade de proteger os recursos naturais.

"Nosso objetivo é fazer com que pessoas do mundo todo repensem o seu estilo de vida. Queremos que a participação vá além dessa hora, colocando em prática ações mais sustentáveis nas cidades, empresas e casas", afirma Regina Cavini, coordenadora da Hora do Planeta no Brasil.

Segundo ela, a expectativa deste ano é superar a meta de 2011, quando pelo menos um bilhão de pessoas em diversos países apagaram as luzes por uma hora. "No Brasil, tivemos a participação de 123 cidades.

Para este ano, 125 municípios já nos confirmaram apoio". Cavini explica que 546 monumentos serão apagados por 60 minutos, entre eles o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, a Ponte Estaiada, em São Paulo, e o Senado Federal, em Brasília.

A Hora do Planeta surgiu em 2007, em Sydney, na Austrália, quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2 mil empresas desligaram as luzes para demonstrar apoio ao ato que chamava atenção para as mudanças climáticas do planeta.

De acordo com Cavini, a ideia do "apagar das luzes" foi adotada porque é uma forma simples, viável em todo o mundo, de marcar a luta contra o aquecimento global.

"Assim foi possível criar uma conexão global, unindo pessoas do mundo todo em torno da preocupação com o ambiente". 

Fonte: