"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

29 outubro 2012

De que adianta...



Todo o conhecimento do mundo é insuficiente para gerar mudanças se não houver o mínimo de vontade para colocá-lo em prática.

Viver somente com o intelecto não nos dará a sabedoria para entender o simples motivo de uma lágrima nem o significado de um sorriso.

É necessário aquecer o coração para que o gelo do intelecto não enrijeça os nossos atos nem perturbe as nossas relações.

O nosso saber é insignificante se não estiver aliado à generosidade, à indulgência para com a ignorância de alguns e ao desejo sincero do bem.

Somente quando unimos os bons sentimentos a nossa inteligência é que teremos a vestimenta ideal para frequentarmos as regiões mais felizes do Espírito, como nos ensina a parábola do Festim de
Núpcias.

Usa o seu conhecimento para trazer ao seu lado aqueles que sabem menos; para conscientizar sobre o bem aqueles que ainda transitam por caminhos sombrios; para gerar sorrisos, elevar auto-estima, espiritualizar conceitos, respeitando em cada um o modo de pensar para que assim se sintam acolhidos e esperançosos em nos dar as mãos e seguir a diante em nossa jornada pela vida.

(André Ariovaldo)

*  *  *