"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

10 março 2014

Livrai-nos do medo


Deus, 

Pai de Infinito Amor,

Queremos pedir, neste momento, que nos livre do medo, esse sentimento que entorpece o ânimo e enregela o sangue nas veias espirituais, neutralizando todas as idealizações construtivas pela perspectiva do fracasso e da infelicidade.

Em contrapartida, Pai, nos ensine a vivenciar o aqui e agora, o qual lança nossas vistas para o momento que estamos vivendo, seja ele aparentemente dificultoso ou declaradamente favorável.

Não temos condições ainda de uma total desvinculação emocional do passado e do futuro, mas pretendemos ir conseguindo olhar para longe num sentido e no outro sem sofrer as vertigens das emoções atordoantes.

Estamos aprendendo a viver o aqui e agora nas cores da vida atual, seja ela como encarnados ou desencarnados, considerando o Universo como a nossa Família, porque o parentesco é universal e não pode se restringir à consanguinidade do momento.

Cada ser, seja ela mineral, vegetal, animal, humano ou angelical, é nosso irmão de verdade e assim devemos considerá-lo para todos os efeitos, exercitando junto a ele as virtudes do respeito, da tolerância, da veracidade, do Amor incondicional, em suma.

Que, em nós, não haja medo de nada nem de ninguém, mas sim a certeza de que tudo que acontece e que muitas vezes nos surpreende é por Sua Vontade, visando a evolução do Universo.

Que possamos ver no aqui o local mais adequado para o nosso aprendizado e no agora o momento de aprender as lições que nossos olhos abertos e nossa mente desperta possa captar.

Queremos, Pai, começar a entender a Grande Família Universal e integrar-nos nela cada vez mais.

Que assim seja.


(in “O Intercâmbio Interplanetário para valorização da Natureza” - psicografia Luiz Guilherme Marques – espíritos diversos)




* * *