"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

10 abril 2012

Tenhamos paciência...




Sim, era de crer-se que o resultado do Bem fosse diferente.

O serviço do ideal libertador, abraçando a caridade, seria de esperar-se por menos dores e incompreensões, por melhor colheita de frutos de alegria.

Isso, no entanto, seria um engodo proporcionado pela vida.

O missionário sempre enfrenta os piores desafios.

Quem abre estradas defronta maiores obstáculos.

Aquele que recupera solos áridos sofre dificuldades mais expressivas.

Quando alguém se põe a drenar pântanos e águas putrefatas não se pode furtar à presença dos odores nefastos, nem da lama pestilenta.

Todo aquele que se dispõe a alterar a paisagem moral da sociedade, é sempre considerado excêntrico, quando não se torna vítima de contínuas agressões e combates.

É natural que assim ocorra, porquanto o processo de alteração dos conceitos morais e da conduta pessoal, faz-se, normalmente, penoso.

Qualquer mudança no organismo social para melhor, ocorre de maneira dolorosa, e os seus promotores são perseguidos com acrimônia e perversidade.

Não estranhes a imensa colheita de amarguras do momento.

Todo apóstolo do progresso, da beleza e da fé experimenta a imolação, afim de modificar o grupo no qual se movimenta.

O mesmo ocorre contigo.

Não te deixes desgastar emocionalmente com as ocorrências infelizes que têm lugar a tua volta.

Mantém o ânimo e avança em paz.

Não fosses idealista, e não te encontrasses na ação cristã, sofrerias outras circunstâncias perturbadoras.

Observa aqueles que parecem triunfadores e felizes, aplaudidos e bajulados, quando passarem os seus dias de aparente triunfo, e vê-los-ás abandonados, vencidos, atormentados...

A Terra é planeta de provas, portanto, a luta é labor incessante.

*

Quando estejas cansado, renova-te pela prece.

Quando te sintas aturdido pelas ocorrências desagradáveis, recorre à meditação.

Quando te descobrires com estresse e mau humor, recupera-te pensando em Jesus e buscando-O.

Não estás a sós. Seres amados te envolvem nas dúlcidas vibrações que te sustentam as energias, te preservam a saúde e te vitalizam a disposição para continuares servindo.

Já te imaginaste em ociosidade dourada, ou em festas ruidosas, ou em recreações contínuas?

Renasceste para o serviço, pois que aceitaste a tarefa como terapia salvadora.

Provéns de comportamentos anteriores que te alienaram, que te comprometeram.

Hoje é o teu dia de servir.

Não te arrependas da opção elegida.

Dia virá em que as circunstâncias se alterarão e será então a época própria para colher a luz que espalhas e o amor que incutes em outras vidas.

*

Ninguém até hoje se revelou maior servidor do que Jesus.

Seu exemplo rutila através dos tempos, iluminando vidas incontáveis.

Ele nunca se queixou, porque sabia que as criaturas humanas ainda se encontram na infância espiritual.

Toma-O como teu modelo e segue adiante.

Quanto mais extenuantes as refregas, mais expressivas se fazem as vitórias.

O servidor está sempre a postos, jovial e bom, ensinando com o exemplo e cantando o hino da alegria de que se sente possuído.

Serve, sem cessar, e prossegue sem enfado e sem desencanto.

És construtor do futuro, no qual Jesus te aguarda para o memorável encontro.


(“Servidor”- extraído de “Fonte de Luz”, de Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Joanna de Ângelis).